Política / Transparência

Construtora vai receber R$ 1,8 milhão para manter pontes de madeira em Dourados e Nova Andradina

Águia Construtora vai executar serviços em rodovias não pavimentadas nos municípios

Renata Volpe Publicado em 16/09/2021, às 08h35

Pontes de madeira serão mantidas por empresas privadas em Dourados e Nova Andradina
Pontes de madeira serão mantidas por empresas privadas em Dourados e Nova Andradina - Agesul, Divulgação, Ilustrativa

A empresa Águia Construtora venceu licitação e deve receber pouco mais de R$ 1,8 milhão para fazer a manutenção e conservação das pontes de madeira nas rodovias não pavimentadas nos municípios de Dourados e Nova Andradina.

De acordo com o contrato divulgado pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) nesta quinta-feira (16), a construtora vai executar serviço de manutenção e conservação das pontes de madeira nas rodovias que fazem parte da malha rodoviária não pavimentada da 2ª residência regional de Dourados e 9ª residência regional de Nova Andradina.

Para os serviços, o valor pago será de R$ 1.809.058,07, com recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento Rural). O prazo é de um ano, 365 dias consecutivos, contado da data de recebimento da Ordem de Início dos Serviços, a ser expedida pela Agesul. 

O contrato foi assinado no dia 1º de setembro pelo diretor da Agesul, André Simões, e responsável pela construtora, Luciana Pereira Vieira Adorno Vicentin (p.p. Gilmar de Almeida Vicentin).

Jornal Midiamax