Política / Transparência

Com R$ 39,3 milhões para a Saúde, governo de MS abre crédito suplementar a secretarias

Decreto orçamentário foi publicado no Diário Oficial do Estado desta sexta

Renan Nucci Publicado em 22/10/2021, às 08h05

Reinaldo Azambuja, governador de MS
Reinaldo Azambuja, governador de MS - Arquivo

O Estado de Mato Grosso do Sul abriu crédito suplementar de R$ 42.489.840,00 para operacionalização das pastas, conforme decreto orçamentário publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (22) e assinado pelo governador Reinaldo Azambuja.

Do montante, R$ 39.300.000,00 serão encaminhados especificamente para a SES (Secretaria de Estado de Saúde), R$ 25,6 milhões serão destinados à gestão e manutenção do Fundo Estadual de Saúde, e o restante será usado para manutenção do Hospital Regional de Campo Grande.

Outros R$ 2,5 milhões vão para o Fundo de Desenvolvimento do Turismo e para a Fundação de Cultura, para execução de projetos nas áreas de Patrimônio Cultural, Artesanato e Difusão Cultural voltados para ampliação do acesso. 

O restante dos R$ 42,4 milhões será enviado para a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), e outras pastas.

Jornal Midiamax