Política / Transparência

Câmara de Campo Grande segue decreto e suspende expediente na semana de ‘fecha tudo’

Legislativo de Campo Grande suspende sessões dos dias 23 e 25 e não prestará atendimento à população na próxima semana.

Humberto Marques Publicado em 19/03/2021, às 18h31 - Atualizado às 18h32

Câmara dos Vereadores de Campo Grande | Foto: Divulgação | CMCG
Câmara dos Vereadores de Campo Grande | Foto: Divulgação | CMCG - Câmara dos Vereadores de Campo Grande | Foto: Divulgação | CMCG

A Câmara Municipal de Campo Grande informou, via assessoria, que suspenderá o expediente entre os dias 22 e 26 de março, como medida para conter o avanço da pandemia de coronavírus no município.

A medida segue o projeto de lei 9.991/2021, aprovado pela Casa de Leis durante a tarde, que autorizou o Executivo a baixar decreto antecipando feriados até setembro.

Diante do decreto, apenas atividades consideradas essenciais vão funcionar a partir de segunda-feira (22). O expediente no Legislativo municipal será retomado em 29 de março –com isso, as sessões de terça (23) e quinta-feira (25) foram canceladas.

A proposta para antecipação dos feriados foi debatida e elaborada, durante reunião na tarde de quinta-feira (18), em conjunto pelo Comitê Municipal de Enfrentamento e Prevenção à Covid-19, tendo como foco evitar um colapso no sistema de Saúde, segundo informou a Casa.

A Câmara já havia restringindo o acesso ao público e reduzido a quantidade de servidores em atividades presenciais como forma de evitar a disseminação da Covid-19 e atendendo recomendações da Comissão de Saúde. Pela medida anterior, baixada em 15 de março, às segundas, quartas e sextas-feiras, os servidores, em maioria, atuariam em teletrabalho.

A Câmara deve retomar em 30 de março (terça-feira), às 9h, as sessões ordinárias. O plenário segue fechado ao público, sendo liberada apenas a presença de dois servidores por gabinete sob regras de biossegurança como distanciamento e uso de máscaras e álcool em gel.

Jornal Midiamax