Política / Transparência

Semed abre pregão para fazer 300 mil máscaras voltadas ao retorno de aula presencial

A Prefeitura de Campo Grande abriu licitação de R$ 221.640,59 nesta quinta-feira (10) para comprar materiais destinados à produção de máscaras de tecido. Esta é mais uma medida da Semed (Secretaria Municipal de Educação) na organização do retorno das aulas presenciais, possivelmente a partir do começo de 2021. Segundo o edital, divulgado no Portal da […]

Mayara Bueno Publicado em 10/12/2020, às 11h02 - Atualizado às 15h14

Máscaras caseiras; peças serão destinadas a alunos e profissionais. (Foto: Ilustrativa).
Máscaras caseiras; peças serão destinadas a alunos e profissionais. (Foto: Ilustrativa). - Máscaras caseiras; peças serão destinadas a alunos e profissionais. (Foto: Ilustrativa).

A Prefeitura de Campo Grande abriu licitação de R$ 221.640,59 nesta quinta-feira (10) para comprar materiais destinados à produção de máscaras de tecido. Esta é mais uma medida da Semed (Secretaria Municipal de Educação) na organização do retorno das aulas presenciais, possivelmente a partir do começo de 2021.

Segundo o edital, divulgado no Portal da Transparência, a secretaria e o FAC (Fundo de Apoio à Comunidade) fecharam parceria para elaboração das peças, ‘em razão do retorno  das aulas presenciais’. “Sendo assim, será necessário a confecção de 300 mil máscaras reutilizáveis de tecido, pois se trata de um item indispensável para garantir a segurança sanitária dos estudantes, servidores e dos profissionais de educação das escolas”.

O processo será feito com base na Lei do Covid, afirma o documento, portanto, não será exigida elaboração de estudo técnico. “A lei prevê também que os estabelecimentos em funcionamento durante a pandemia da Covid-19 são obrigados a fornecer gratuitamente a seus funcionários e colaboradores máscaras de proteção individual”.

Na compra, estão previstos tecido tipo percal, algodão e poliéster, com largura mínima de 2,45; linha de uso para costura, material 100% poliéster, alta tenacidade, fio 120;  elástico de material látex e poliéster, largura 5 milímetro, na cor branca; álcool 70%; agulha para aviamento, para máquina de costura industrial, tamanho nº 11; óleo para máquina; pulverizador e bobina.

Ainda de acordo com o edital, a quantidade foi contabilizada de acordo com o número de profissionais e alunos da Reme (Rede Municipal de Educação) e ainda duplicada e somada margem de segurança de 25%. A ideia é fornecer, para cada um, duas máscaras de tecido.

As propostas devem ser entregues até às 7h50 de 17 de dezembro e a disputa de preços será no mesmo dia, a partir das 8 horas. Em ambos os casos, os procedimentos vão ocorrer no http://compras.campogrande.ms.gov.br/sgc.

Jornal Midiamax