Política / Transparência

Sem licitação, HRMS compra medicamentos e correlatos por R$ 900,2 mil

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS) “Rosa Pedrossian”, em Campo Grande adquiriu R$ 900,2 mil em correlatos hospitalares e medicamentos para atender a demanda da pandemia de Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus). Os despachos foram publicados na edição desta quarta-feira (4) do DOE (Diário Oficial Eletrônico). O primeiro contrato foi assinado […]

Adriel Mattos Publicado em 04/11/2020, às 08h05 - Atualizado às 08h07

HRMS, em Campo Grande. (Foto: Arquivo)
HRMS, em Campo Grande. (Foto: Arquivo) - HRMS, em Campo Grande. (Foto: Arquivo)

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS) “Rosa Pedrossian”, em Campo Grande adquiriu R$ 900,2 mil em correlatos hospitalares e medicamentos para atender a demanda da pandemia de Covid-19 (doença causada pelo novo coronavírus).

Os despachos foram publicados na edição desta quarta-feira (4) do DOE (Diário Oficial Eletrônico). O primeiro contrato foi assinado com seis empresas, totalizando R$ 586,6 mil.

Entre os materiais a serem adquiridos, estão sondas de alimentação, tubos e filtros para respiração mecânica, fraldas geriátricas e EPIs (equipamentos de proteção individual).

Quanto ao segundo contrato, foram adquiridos R$ 313,5 mil em medicamentos de três empresas diferentes. O lote 1, vencido pela Profarma Representações Comerciais por R$ 17,9 mil, é para compra de 10 mil caixas de Azitromicina.

Já o segundo lote é da compra, por R$ 16,8 mil, de 58 mil ampolas de água destilada, que virão da Dimaster Comércio de Produtos Hospitalares.

Os lotes 3 e 4 foram vencidos pela Cirúrgica MS, por R$ 278,8 mil, para a aquisição de Cloridrato de metoclopramida e Omeprazol.

Jornal Midiamax