Política / Transparência

Sem interessados em licitação de gabião, lago do Parque das Nações seguirá baixo

Considerada obra fundamental para o governo do Estado, de acordo com o secretário da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) Jaime Verruck, a licitação para construção do gabião para contenção do lago no Parque das Nações foi deserta. O resultado foi divulgado nesta terça-feira (11) no Diário Oficial […]

Evelin Cáceres Publicado em 11/02/2020, às 08h26

Lago seguirá com nível mais baixo até obra ser feita (Arquivo, Midiamax)
Lago seguirá com nível mais baixo até obra ser feita (Arquivo, Midiamax) - Lago seguirá com nível mais baixo até obra ser feita (Arquivo, Midiamax)

Considerada obra fundamental para o governo do Estado, de acordo com o secretário da Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) Jaime Verruck, a licitação para construção do gabião para contenção do lago no Parque das Nações foi deserta. O resultado foi divulgado nesta terça-feira (11) no Diário Oficial do Estado.

Segundo Verruck, a obra tem valor de R$ 660 mil, o que pode não ter causado interesse aos empreiteiros. “Vamos verificar se não houve interessados porque nenhuma empresa se apresentou ou se foi pelo valor colocado”.

O edital de licitação deverá ser refeito e, neste caso, a altura do lago não deverá passar de 1,5 metro, continuando ‘mais vazio’ pelos próximos 30 dias, no mínimo.

“É o período necessário para fazer de novo a licitação. Enquanto não refizer a mureta de contenção, não tem como aumentar o nível do lago”, explicou o secretário.

Jornal Midiamax