Política / Transparência

Reforma de três escolas estaduais de MS vai custar R$ 1,3 milhão

A SED (Secretaria de Estado de Educação) publicou contratos com empresas para realizar reformas parciais e serviços de pintura em três escolas estaduais do Estado, pelo valor total de R$ 1.389.008,84. Os contrato foram publicados no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (21). Na Escola Estadual Delfina Nogueira de Souza, no município de Nova Alvorada […]

Renata Volpe Publicado em 21/07/2020, às 08h40 - Atualizado às 09h03

Escola Delfina Nogueira de Souza, em Nova Alvorada do Sul, será reformada. (Alvorada Informa, Divulgação)
Escola Delfina Nogueira de Souza, em Nova Alvorada do Sul, será reformada. (Alvorada Informa, Divulgação) - Escola Delfina Nogueira de Souza, em Nova Alvorada do Sul, será reformada. (Alvorada Informa, Divulgação)

A SED (Secretaria de Estado de Educação) publicou contratos com empresas para realizar reformas parciais e serviços de pintura em três escolas estaduais do Estado, pelo valor total de R$ 1.389.008,84. Os contrato foram publicados no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (21).

Na Escola Estadual Delfina Nogueira de Souza, no município de Nova Alvorada do Sul, a empresa Project Tecnologia de Construção venceu licitação e vai fazer os serviços de reforma parcial.

Portanto, o valor total do contrato é de R$ 765.058,87 a serem pagos com recursos do Tesouro. O prazo para execução da obra será de 360 dias consecutivos, contados da data de recebimento da Ordem de Início dos Serviços, a ser expedida pela SED.

Campo Grande

Na Capital, a Escola Estadual Delmira Ramos dos Santos passará por serviços de pintura e reforma dos banheiros. A empresa Loana Line Leotério dos Santos vai realizar os serviços pelo valor de R$ 312.141,49. São 180 dias consecutivos de prazo para conclusão da obra.

Caarapó

Já em Caarapó, a SED publicou contrato com a empresa Construtora Gaúcha, para realizar serviços de reforma parcial da Escola Professor Joaquim Alfredo Soares Vianna. O valor da reforma é de R$ 311.808,48 e a construtora tem 180 dias para concluir os serviços.

Jornal Midiamax