Política / Transparência

Prefeitura de Campo Grande paralisa licitações de obras devido à pandemia

A Prefeitura de Campo Grande comunicou no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quinta-feira a suspensão de todas sessões públicas de licitações que se referem a obras de engenharia. Na quarta-feira (25), o Executivo municipal suspendeu ao menos quatro concorrências relacionadas que se referem à venda de imóveis, conclusão de empreendimentos, entre outras. Contudo, […]

Mayara Bueno Publicado em 26/03/2020, às 12h37 - Atualizado em 14/07/2020, às 16h28

Placa informativa da Prefeitura de Campo Grande. (Foto: Henrique Arakaki, Jornal Midiamax, Arquivo).
Placa informativa da Prefeitura de Campo Grande. (Foto: Henrique Arakaki, Jornal Midiamax, Arquivo). - Placa informativa da Prefeitura de Campo Grande. (Foto: Henrique Arakaki, Jornal Midiamax, Arquivo).

A Prefeitura de Campo Grande comunicou no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quinta-feira a suspensão de todas sessões públicas de licitações que se referem a obras de engenharia.

Na quarta-feira (25), o Executivo municipal suspendeu ao menos quatro concorrências relacionadas que se referem à venda de imóveis, conclusão de empreendimentos, entre outras.

Contudo, hoje, o município pontua especificamente a “suspensão de todas as sessões públicas de licitação referentes a obras e serviços de engenharia, considerando as medidas de prevenção e enfrentamento à Covid-19”.

O aviso se baseia no Decreto nº 14.195, de 18 de março de 2020, que decreta situação de emergência em Campo Grande devido à pandemia de coronavírus. As restrições quanto às sessões de abertura de proposta das concorrências vão durar enquanto o documento com medidas de enfrentamento ao coronavírus for válido.

Em contraposição a esta medida, o município avalia flexibilizar decretos que atingem funcionamento de comércios. Ontem, o prefeito Marquinhos Trad (PSD) disse que pode haver novidades sobre o assunto nesta quinta-feira (26). Contudo, as restrições seguem mantidas e, inclusive, o toque de recolher, que começaria às 22 horas, iniciará às 20 horas e seguirá até 5 horas do dia seguinte, entre hoje e domingo (29).

Jornal Midiamax