Política / Transparência

Prefeitura de Bonito estima em R$ 96,6 milhões a receita para 2021

Prefeitura de Bonito aprovou a receita e fixou as despesas em R$ 96,6 milhões para o exercício financeiro de 2021. O Executivo Municipal publicou o decreto no Diário da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), desta quinta-feira (17). De acordo com a publicação, sancionada pelo prefeito Odilson Arruda Soares (PSDB), a receita […]

Fábio Oruê Publicado em 17/12/2020, às 18h12 - Atualizado às 18h16

Prefeitura Municipal de Bonito | Foto: Divulgação | Prefeitura Municipal de Bonito
Prefeitura Municipal de Bonito | Foto: Divulgação | Prefeitura Municipal de Bonito - Prefeitura Municipal de Bonito | Foto: Divulgação | Prefeitura Municipal de Bonito

Prefeitura de Bonito aprovou a receita e fixou as despesas em R$ 96,6 milhões para o exercício financeiro de 2021. O Executivo Municipal publicou o decreto no Diário da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), desta quinta-feira (17).

De acordo com a publicação, sancionada pelo prefeito Odilson Arruda Soares (PSDB), a receita orçamentária decorrerá da arrecadação de tributos, transferências constitucionais e outras receitas correntes e de capital. Montante de receitas se divide entre receitas correntes r receitas de capital e consta como “valor adequado em relação ao valor projetado” na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias).

Está previsto nas receitas correntes R$ 96.293.100,00 e R$ 331,6 mil nas receitas de capital. Separando as despesas por órgão, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura é  o que tem maior gasto: R$ 23.182.861. A Secretaria Municipal de Saúde vem em segundo com R$ 22.683.889,00.

Jornal Midiamax