Política / Transparência

Prefeitura abre habilitação para consultoria de projetos do Viva Campo Grande e Cidade Digital

A Prefeitura de Campo Grande publicou dois avisos para PMI (proposta de manifestação de interesse)  referentes a contratação de empresas para elaboração de projetos executivos no âmbito do Viva Campo Grande II e Cidade Digital, conforme edição do DOU (Diário Oficial da União) desta sexta-feira (11). No caso do Viva Campo Grande II, a Prefeitura […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 11/12/2020, às 09h50 - Atualizado às 10h02

Reviva Campo Grande | Foto ilustrativa | Reprodução
Reviva Campo Grande | Foto ilustrativa | Reprodução - Reviva Campo Grande | Foto ilustrativa | Reprodução

A Prefeitura de Campo Grande publicou dois avisos para PMI (proposta de manifestação de interesse)  referentes a contratação de empresas para elaboração de projetos executivos no âmbito do Viva Campo Grande II e Cidade Digital, conforme edição do DOU (Diário Oficial da União) desta sexta-feira (11).

No caso do Viva Campo Grande II, a Prefeitura recorrerá a parte dos recursos decorrentes de empréstimo firmado junto ao BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para efetuar pagamentos de despesas na empresa que vai elaborar projetos executivos e complementares para implantação da central de tecnologia, inteligência, planejamento e monitoramento da gestão pública municipal, referente ao Programa de Desenvolvimento Integrado – Viva Campo Grande II.

Já no caso do Cidade Digital, parte dos recursos serão contratação de empresa para elaboração de projeto técnico executivo para implantação, gestão e suporte de serviços de infraestrutura de dados via fibra óptica, dentro do mesmo programa.

Segundo a publicação, a execução dos serviços deverá ser iniciada a partir da emissão da Ordem de Início dos Serviços à Consultora Contratada, quando do resultado desta licitação, e terá como prazo final 150 dias, que correspondem ao prazo de execução dos serviços.

Assim, as empresas consultoras elegíveis deverão apresentar Ofício com todos os dados e contatos da Empresa, bem como proporcionar informações que demonstrem que estão qualificadas para prestar os serviços semelhantes. A escolha da lista curta será baseada na experiência e competências relevantes da empresa e de sua equipe multidisciplinar. O valor da contratação não poderá ser superior ao teto da modalidade SQC, de 200 mil dólares.

Em ambas as contratações, as manifestações de interesse deverão ser entregues impressas, com, com a indicação “SQC 05/2020” até às 13h do dia 25 de janeiro de 2021, na sede da UGP (Unidade Gestora do Programa), aos cuidados de Catiana Sabadin Zamarrenho (Rua Manoel Secco Thomé, 143, Jardim dos Estados, Campo Grande).

As consultoras interessadas poderão obter mais informações através do telefone: (+55) 67 3314-9611 ou (+55) 67 2020-1212, e por e-mail: [email protected], das 8h às 13h (hora local), do dia 11/12/2020 ao dia 18/12/2020.

Jornal Midiamax