Política / Transparência

Ex-vereador, pecuarista que recebeu auxílio emergencial devolve dinheiro ao governo

Na sexta-feira, João Vital Meleiro, que também é ex-vereador em Anastácio declarou estar surpreso por estar na lista do auxílio emergencial.

Gabriel Maymone Publicado em 22/06/2020, às 14h53 - Atualizado em 14/07/2020, às 16h16

Pecuarista comprovou a devolução de duas parcelas do auxílio emergencial. (Imagem: Reprodução)
Pecuarista comprovou a devolução de duas parcelas do auxílio emergencial. (Imagem: Reprodução) - Pecuarista comprovou a devolução de duas parcelas do auxílio emergencial. (Imagem: Reprodução)

O pecuarista e ex-vereador de Anastácio, João Vital Meleiro, efetuou nesta segunda-feira (22) a devolução das duas parcelas do auxílio emergencial de R$ 600 recebidas irregularmente.

Ao Jornal Midiamax, Meleiro se disse surpreso ao verificar que seu nome estava na relação dos beneficiários do programa do Governo Federal. “Eu não preciso desse dinheiro. Se realmente eu precisasse, mas não, sou pecuarista, tenho minhas coisas”, declarou”.

Conforme prometido na sexta-feira (19), o pecuarista devolveu o dinheiro, que retornará aos cofres públicos. “Na segunda-feira vou ao banco ver se caiu [o auxílio] na conta. Se caiu eu vou devolver, se não vou constituir um advogado para adotar as providências”, declarou.

Lista de nomes

Desde semana passada, o Jornal Midiamax passou a divulgar os beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600 em todas as cidades de Mato Grosso do Sul. O objetivo é, com base nos dados de transparência pública, incentivar o controle social – a participação ativa da população no combate à corrupção com denúncias sobre suspeitas e fraude no auxílio emergencial.

Dessa forma, a listagem completa do seu município está disponível nas últimas notícias do Midiamax ou pela busca no Google por ‘quem recebeu em minha cidade, Midiamax?‘.

Midiamax incentiva o Controle Social

Jornal Midiamax incentiva em Mato Grosso do Sul o ‘controle social’, que é a participação ativa da população no combate à corrupção com denúncias sobre suspeitas e fraudes no pagamento do Auxílio Emergencial.

Assim, no Portal da Transparência, você pode comunicar oficialmente ao Ministério da Cidadania com a ferramenta Fala.BR. Ou pode ainda indicar se alguém recebe um benefício indevidamente pelo link “Fique de Olho!”.

Achou suspeito? Avise os jornalistas do Midiamax:

No entanto, se quiser informar ao Midiamax sua suspeita, tenha certeza de que nossos jornalistas vão levantar os dados e levar às autoridades responsáveis com o máximo de responsabilidade e garantindo seu sigilo, que é protegido por lei.

Jornal Midiamax