Política / Transparência

Para otimizar serviços da Agetec, prefeitura de Campo Grande compra Datacenter por R$ 1,1 milhão

Para otimizar os trabalhos desenvolvidos pela Agetec (Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação), a prefeitura de Campo Grande contratou uma empresa por R$ 1.129.200 para instalação de um novo Datacenter Municipal. O extrato do contrato foi publicado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), nesta sexta-feira (08). Segundo a publicação do Diário Oficial, […]

Dândara Genelhú Publicado em 08/05/2020, às 15h03 - Atualizado em 14/07/2020, às 16h30

Sede da Agência Municipal de Tecnologia da Informação. (Foto: Agetec/ Prefeitura de Campo Grande/Arquivo).
Sede da Agência Municipal de Tecnologia da Informação. (Foto: Agetec/ Prefeitura de Campo Grande/Arquivo). - Sede da Agência Municipal de Tecnologia da Informação. (Foto: Agetec/ Prefeitura de Campo Grande/Arquivo).

Para otimizar os trabalhos desenvolvidos pela Agetec (Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação), a prefeitura de Campo Grande contratou uma empresa por R$ 1.129.200 para instalação de um novo Datacenter Municipal. O extrato do contrato foi publicado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), nesta sexta-feira (08).

Segundo a publicação do Diário Oficial, a empresa contratada pela prefeitura foi a Pro-Info Energia Ininterrupta e Informática. No edital de pregão eletrônico nº 31/2020, foi registrado que a aquisição considera o “crescimento dos dados e necessidade de processamento dos sistemas nos últimos anos cinco anos”.

Em razão disto, a Agetec explica no texto que há necessidade de expandir a capacidade do processamento para recepcionar mais sistemas computacionais. Entre os serviços que serão prestados pela empresa contratada estão os de instalação elétrica, mecânica, de engenharia civil, além dos dispositivos elétrico-eletrônicos, mecânicos e lógicos que compõem a infraestrutura do Datacenter Municipal.

Sendo o edital, esses itens são: painéis elétricos; sistemas de proteção; nobreaks; baterias; grupos geradores, ar-condicionado de precisão; sistema de detecção e combate a incêndio, gabinetes de TI (Racks) com seus respectivos acessórios e sistema integrado de gerenciamento da infraestrutura do Datacenter Municipal.

Após enviar o projeto excecutivo e receber o aceite da Agetec, a contratada deverá fornecer, instalar e testar o Datacenter Municipal em até 90 dias. Segundo o edital, neste prazo também são inclusas as adequações físicas caso seja verificado necessidade.

Jornal Midiamax