Política / Transparência

MPMS vai apurar venda de bebida alcoólica a adolescentes em aldeia de MS

O MPMS (Ministério Público Estadual) instaurou procedimento preparatório para apurar denúncia de comercialização de bebida alcoólica a adolescentes residentes em aldeias indígenas no município de Miranda, a cerca de 200 km de Campo Grande. O procedimento é baseado em expediente encaminhado pelo MPF (Ministério Público Federal) ao MPMS que, em síntese, descreveu os efeitos da […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 01/09/2020, às 10h03 - Atualizado às 10h35

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução - Foto: Reprodução

O MPMS (Ministério Público Estadual) instaurou procedimento preparatório para apurar denúncia de comercialização de bebida alcoólica a adolescentes residentes em aldeias indígenas no município de Miranda, a cerca de 200 km de Campo Grande.

O procedimento é baseado em expediente encaminhado pelo MPF (Ministério Público Federal) ao MPMS que, em síntese, descreveu os efeitos da comercialização de bebidas alcoólicas nas aldeias indígenas de Miranda, em especial, na Aldeia Lalima.

Conforme publicação no DOMP (Diário Oficial do MPMS), o procedimento preparatório nº 06.2020.00001024-0 ficará a cargo da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Miranda, comandada pela promotora de Justiça Cínthia Giselle Gonçalves Latorraca. O procedimento é digital e pode ser integralmente acessado via internet, no seguinte endereço: http://consultaprocedimento.mpms.mp.br/consulta/saj/processo.

Miranda possui diversas aldeias – dentre as quais estão Passarinho, Moreira, Lalima, Argola, Babaçu, Lagoinha, Morrinho, Cachoeirinha e Mãe Terra – além de uma das maiores populações indígenas de Mato Grosso do Sul.

Jornal Midiamax