Política / Transparência

MPMS instaura inquérito para apurar improbidade administrativa em Caarapó

O MPMS (Ministério Público Estadual) instaurou inquérito civil a fim de apurar eventual prática de ato de improbidade administrativa pelo prefeito de Caarapó, André Luis Nezzi de Carvalho, na contratação da empresa Francisca Duarte-ME. As informações constam no DOMP (Diário Oficial do MPMS) desta quinta-feira (3). A contratação ocorreu em procedimento licitatório para seleção de...

Guilherme Cavalcante Publicado em 03/12/2020, às 08h45

Foto: José Carlos | Caarapó News | Reprodução
Foto: José Carlos | Caarapó News | Reprodução - Foto: José Carlos | Caarapó News | Reprodução

O MPMS (Ministério Público Estadual) instaurou inquérito civil a fim de apurar eventual prática de ato de improbidade administrativa pelo prefeito de Caarapó, André Luis Nezzi de Carvalho, na contratação da empresa Francisca Duarte-ME. As informações constam no DOMP (Diário Oficial do MPMS) desta quinta-feira (3).

A contratação ocorreu em procedimento licitatório para seleção de proposta mais vantajosa (registro de preços) para locação de cinco caminhões basculantes, uma escavadeira hidráulica sobre esteiras e um caminhão pipa, conforme informações do certame no Portal da Transparência de Caarapó. Ao todo, a licitação resultou em contratos de locação de R$ 1.956.250,00.

A investigação correrá na 1ª Promotoria de Justiça de Caarapó, sob o comando da promotora de Justiça Fernanda Rottili Dias. O processo é público e está disponível tanto na sede do MPMS em Caarapó (Avenida Dom Pedro II 1730) como na internet, mediante solicitação de senha.

Jornal Midiamax