Política / Transparência

Governo de MS remaneja recursos para saúde e segurança pública

O Governo de Mato Grosso do Sul remanejou R$ 38,7 milhões, segundo crédito orçamentário publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (2). Do total, R$ 25,7 milhões foram cancelados do Fadefe (Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Econômico e de Equilíbrio), para serem destinados a investimentos na mesma pasta. R$ 12,2 milhões foram anulados da […]

Mayara Bueno Publicado em 02/06/2020, às 09h09 - Atualizado às 09h37

Foto: Arquivo/Subcom-MS
Foto: Arquivo/Subcom-MS - Foto: Arquivo/Subcom-MS

O Governo de Mato Grosso do Sul remanejou R$ 38,7 milhões, segundo crédito orçamentário publicado no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (2).

Do total, R$ 25,7 milhões foram cancelados do Fadefe (Fundo de Apoio ao Desenvolvimento Econômico e de Equilíbrio), para serem destinados a investimentos na mesma pasta. R$ 12,2 milhões foram anulados da gestão do fundo estadual de saúde, dos quais, R$ 290 mil foram para despesas e R$ 107,9 mil com investimentos na estruturação de unidades para qualificação da Atenção à Saúde e Gestão do SUS (Sistema Único de Saúde).

Ainda de acordo com o decreto, R$ 72,1 mil são destinados para implementação de ações, programas e estratégias de Atenção à Saúde e R$ 11,3 milhões vão para Atenção à Saúde de forma Regionalizada, assim como R$ 240 mil foram destinados à adequação de unidades da Rede de Atenção Especializada das Macrorregiões de Saúde de Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Corumbá – neste caso, mais R$ 235,8 mil foram suplementados.

O Governo do Estado ainda remanejou R$ 40 mil para estruturação de unidades para qualificação da vigilância em saúde. Outro montante, desta vez com R$ 685,8 mil, foi retirado da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública), para destinar aos investimentos com previsão orçamentária de convênios federais e contrapartida.

Jornal Midiamax