Política / Transparência

Governo de MS remaneja R$ 4,8 milhões do Fundo Especial de Saúde

O Governo de Mato Grosso do Sul remanejou R$ 4,8 milhões do Fundo Especial de Saúde, de acordo com decreto assinado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (20). Foram cancelados R$ 125 mil para adequação de Unidades da Rede de Atenção Especializada das Macrorregiões de Saúde – Campo Grande, […]

Evelin Cáceres Publicado em 20/02/2020, às 10h12

None

O Governo de Mato Grosso do Sul remanejou R$ 4,8 milhões do Fundo Especial de Saúde, de acordo com decreto assinado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e publicado no Diário Oficial desta quinta-feira (20).

Foram cancelados R$ 125 mil para adequação de Unidades da Rede de Atenção Especializada das Macrorregiões de Saúde – Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Corumbá e R$ 1.525.000,00 para estruturação de Unidades para Qualificação da Atenção à Saúde e Gestão do SUS. Outros R$ 50 mil foram cancelados para a estruturação de Unidades para Qualificação da Vigilância em Saúde.

Esses recursos estavam assegurados para investimentos na área. Além desses valores, mais R$ 2.625.000,00 da implementação de Ações, Programas e Estratégias de Atenção à Saúde foram cancelados e R$ 550 mil das ações de Vigilância em Saúde, Prevenção e controle de doenças e agravos.

Ao todo, são R$ 4.875.000,00 destinados para qualificação das ações e serviços de saúde voltadas a assegurar os princípios do SUS. No entanto, esses recursos serão utilizados para ‘outras despesas correntes’, ou seja, sem destinação especificada pelo governo.

Também foram cancelados R$ 841 mil para pagamento de outros serviços dos Encargos Gerais Financeiros do Estado para suplementação de R$ 460 mil para produção de unidades habitacionais completas ou parciais e reforma e ampliação, geridas pela Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul).

Jornal Midiamax