Política / Transparência

Conselho autoriza Anac a permitir construção de três novos campos de pouso em MS

A presidência da República assentiu a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) a autorizar a construção de três campos de pouso em Mato Grosso do Sul, em Bonito, Corumbá e Dourados, conforme publicação do DOU (Diário Oficial da União) desta sexta-feira (31). Conforme a publicação, A Anac poderá autorizar a construção de campo de pouso […]

Guilherme Cavalcante Publicado em 31/07/2020, às 07h59 - Atualizado às 08h11

Foto: Arquivo | Reprodução
Foto: Arquivo | Reprodução - Foto: Arquivo | Reprodução

A presidência da República assentiu a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) a autorizar a construção de três campos de pouso em Mato Grosso do Sul, em Bonito, Corumbá e Dourados, conforme publicação do DOU (Diário Oficial da União) desta sexta-feira (31).

Conforme a publicação, A Anac poderá autorizar a construção de campo de pouso provado em Bonito, denominado Aeródromo Privado Fazenda Ceita Corê, de interesse da empresa Ceitacorê Eco-Turismo Ltda. Também fica assentida a Anac de autorizar construção de campo de pouso denominado Aeródromo Privado Fazenda Santo Eugênio, localizado no município de Corumbá, na faixa de fronteira do estado de Mato Grosso do Sul, de interesse de Sandra Gomes da Silva Goulart Pereira.

Por fim, o ato dá assentimento à agência a autorizar a construção de campo de pouso denominado Aeródromo Privado Fazenda Paraíso, localizado no município de Dourados, na faixa de fronteira do estado de Mato Grosso do Sul, de interesse de Peter Ferter.

Os atos são assinados pelo ministro de Estado chefe do Segurança Institucional da Presidência da República, Augusto Heleno Ribeiro Pereira, na condição de Secretário-executivo do Conselho Nacional de Defesa.

Jornal Midiamax