Política / Transparência

Com credenciamento aberto, Sectur seleciona 50 artistas em edital que prevê R$ 1,1 milhão

Até agora, 50 artistas se credenciaram junto à Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo) em edital que prevê R$ 1,1 milhão para apresentações culturais ao longo do ano. No Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quinta-feira (2) foi publicado o resultado do credenciamento, cujas selecionadas entregaram documentação em 27 de novembro de 2019. […]

Mayara Bueno Publicado em 02/01/2020, às 11h09 - Atualizado às 12h54

Palco montado na Avenida Afonso Pena, no dia da reinauguração da Rua 14 de Julho. (Foto: Leonardo de França)
Palco montado na Avenida Afonso Pena, no dia da reinauguração da Rua 14 de Julho. (Foto: Leonardo de França) - Palco montado na Avenida Afonso Pena, no dia da reinauguração da Rua 14 de Julho. (Foto: Leonardo de França)

Até agora, 50 artistas se credenciaram junto à Sectur (Secretaria Municipal de Cultura e Turismo) em edital que prevê R$ 1,1 milhão para apresentações culturais ao longo do ano.

No Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta quinta-feira (2) foi publicado o resultado do credenciamento, cujas selecionadas entregaram documentação em 27 de novembro de 2019. Contudo, outros interessados ainda poderão participar da seleção, já que o credenciamento permanecerá pelo menos até novembro deste ano.

O edital foi dividido por ‘música’, que selecionou 35, até agora, entre eles, Chicão Castro, Jerry Espíndola, On The Road, DJ Andressa Santana, entre outros. Música de concerto teve uma classificada, Coro Lírico Cantarte. Nas artes visuais, oito foram selecionados. No audiovisual, manifestações populares e teatro e circo, foram duas classificadas, cada uma.

Lançado em 2019, o edital busca pessoas físicas e jurídicas para apresentações musicais, teatrais, grupos de danças, intervenções, experimentos, leituras, esquetes e oficinas para atender a “eventuais e futuras programações” da Sectur e de outros órgãos do município.

A assessoria de comunicação explicou que o credenciamento vai atender a demanda de atrações culturais, como as apresentações na Rua 14 de Julho, Cidade do Natal, mas também de outros eventos apoiados pelo município.

Do total previsto no credenciamento, R$ 600 mil é reservado para empresas; R$ 460 mil para pessoas físicas e R$ 92 mil para “custeio de eventuais encargos”.

Jornal Midiamax