Política / Transparência

Câmara de Dourados quer suspender recesso parlamentar de julho

Projeto de Resolução que suspende o recesso do mês de julho dos vereadores, por iniciativa da Mesa Diretora, tramita na Câmara Municipal de Dourados. O entendimento é de que, neste momento em que a cidade e o mundo vivem o enfrentamento à pandemia de Covid-19, a atuação parlamentar não pode ser interrompida. “A suspensão do […]

Marcos Morandi Publicado em 08/07/2020, às 08h59 - Atualizado às 13h03

Projeto de Resolução é de autoria da Mesa Diretora.(Foto: Thiago Morais)
Projeto de Resolução é de autoria da Mesa Diretora.(Foto: Thiago Morais) - Projeto de Resolução é de autoria da Mesa Diretora.(Foto: Thiago Morais)

Projeto de Resolução que suspende o recesso do mês de julho dos vereadores, por iniciativa da Mesa Diretora, tramita na Câmara Municipal de Dourados. O entendimento é de que, neste momento em que a cidade e o mundo vivem o enfrentamento à pandemia de Covid-19, a atuação parlamentar não pode ser interrompida.

“A suspensão do recesso é uma medida necessária e mostra o comprometimento de todos os vereadores nesse momento de união de esforços”, justifica o presidente do Poder Legislativo, vereador Alan Guedes (Progressistas).

O Projeto de Resolução nº 004/2020, de autoria da Mesa Diretora, acrescenta dispositivo ao Artigo 8º do Regimento Interno da Câmara Municipal de Dourados, ressaltando que, em havendo motivo justificado, a Mesa poderá suspender, integral ou parcialmente, o recesso parlamentar.

O Projeto de Resolução será encaminhado para discussão e votação nesta quarta-feira, 08, às 18h30, durante sessão extraordinária remota transmitida pelo site institucional e canal da Câmara Municipal de Dourados no YouTube. Alan ressalta que não haverá nenhuma despesa ou pagamento extra para a realização da sessão extraordinária.

Jornal Midiamax