Política / Transparência

Aberta licitação milionária de material hospitalar para atender mais de 80 mil índios em MS

Foi publicada na edição desta segunda-feira (27) do DOU (Diário Oficial da União) a abertura de licitação no valor de R$ 1,2 milhão destinada à compra de material médico-hospitalar permanente para atender às necessidades de mais de 80 mil indígenas sul-mato-grossenses. O pregão eletrônico de n.º 9/2020 será conduzido pelo DSEI/MS (Distrito Sanitário Especial Indígena de […]

Danúbia Burema Publicado em 27/07/2020, às 18h37

(Ilustrativa)
(Ilustrativa) - (Ilustrativa)

Foi publicada na edição desta segunda-feira (27) do DOU (Diário Oficial da União) a abertura de licitação no valor de R$ 1,2 milhão destinada à compra de material médico-hospitalar permanente para atender às necessidades de mais de 80 mil indígenas sul-mato-grossenses. O pregão eletrônico de n.º 9/2020 será conduzido pelo DSEI/MS (Distrito Sanitário Especial Indígena de Mato Grosso do Sul).

Conforme o edital do certame, que pode ser conferido clicando aqui, o material será destinado às demandas dos 14 polos base – situados nas cidades de Amambai, Antônio João, Aquidauana, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Iguatemi, Miranda, Paranhos, Sidrolândia e Tacuru.

A compra deverá atender ainda as EMSI (Equipe Multidisciplinares de Saúde Indígena), UBSI (Unidades Básicas de Saúde Indígena) e CASAI (Casa de Apoio a Saúde do Índio) de Campo Grande, Amambai e Dourados. Os pontos de atendimento são referência para 80,4 mil índios das etnias Guató, Kinikinaw, Kadiwéu, Terena, Atikum, Ofaié, Guarani e Kaiowá, distribuídos em 78 aldeias e 30 acampamentos.

Segundo a publicação do DOU, as manifestações por parte empresas interessadas podem ser feitas a partir desta segunda-feira (27) pelo site www.comprasnet.gov.br. A abertura de propostas será no dia 11 de agosto. No Portal de Compras do Governo Federal, é possível visualizar cada um dos produtos a serem adquiridos. Ao todo, serão 35 lotes com até 193 itens cada um. Dentre eles estão camas hospitalares, suportes para soro, macas, cadeiras de rodas e apoios de braço para coletas de sangue. A relação completa pode ser conferida clicando aqui

Jornal Midiamax