Política / Transparência

Reajuste parcelado de 3% dos servidores da Assembleia é promulgado

A lei que estabelece o reajuste dos servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul foi publicada na edição desta quinta-feira (2) do Diário Oficial do Estado. Os funcionários da Casa terão aumento de 3%, sendo que 2% serão aplicados agora e 1% no segundo semestre deste ano. Além disso, os servidores também receberão […]

Richelieu Pereira Publicado em 02/05/2019, às 08h29 - Atualizado às 13h11

Deputados no plenário da Assembleia Legislativa de MS, antes da pandemia. (Foto: Wagner Guimarães, ALMS, Arquivo).
Deputados no plenário da Assembleia Legislativa de MS, antes da pandemia. (Foto: Wagner Guimarães, ALMS, Arquivo). - Deputados no plenário da Assembleia Legislativa de MS, antes da pandemia. (Foto: Wagner Guimarães, ALMS, Arquivo).

A lei que estabelece o reajuste dos servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul foi publicada na edição desta quinta-feira (2) do Diário Oficial do Estado. Os funcionários da Casa terão aumento de 3%, sendo que 2% serão aplicados agora e 1% no segundo semestre deste ano. Além disso, os servidores também receberão R$ 200 para alimentação.

Com a promulgação, assinada pelo presidente deputado Paulo Corrêa (PSDB), fica concedida a reposição salarial de 2% aos servidores do quadro permanente de pessoal da Assembleia, aos ocupantes de cargos de provimento efetivo e em comissão a partir de 1º de abril de 2019.

A partir de 1º de outubro de 2019, fica concedido mais 1%. Também se aplica aos aposentados e pensionistas da Casa os mesmos percentuais, tendo em vista a paridade prevista em Lei.

E fica concedido auxílio-alimentação no valor de R$ 200,00 e o auxílio-transporte passa a ser atualizado conforme o valor do vale transporte vigente.

Jornal Midiamax