Política / Transparência

R$ 605 milhões por 30 anos: resultado de leilão da MS-306 é oficializado

Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (30), o resultado da concorrência para concessão da MS-306 pelo valor de R$ 605 milhões. O leilão aconteceu no início do mês e teve o Consórcio Way – 306 como vencedor. O resultado da concorrência foi divulgado pela Comissão Especial de Licitação. O processo teve como […]

Aliny Mary Dias Publicado em 30/12/2019, às 08h29 - Atualizado às 12h32

MS-306 será dada à iniciativa privada por 30 anos. (Divulgação)
MS-306 será dada à iniciativa privada por 30 anos. (Divulgação) - MS-306 será dada à iniciativa privada por 30 anos. (Divulgação)

Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (30), o resultado da concorrência para concessão da MS-306 pelo valor de R$ 605 milhões. O leilão aconteceu no início do mês e teve o Consórcio Way – 306 como vencedor.

O resultado da concorrência foi divulgado pela Comissão Especial de Licitação. O processo teve como objetivo contratar empresa para concessão de serviços públicos de recuperação, operação, manutenção, conservação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade do sistema rodoviário.

O valor final da outorga para exploração do consórcio pelo período de 30 anos ficou no montante de R$605.306.000,00. Os recursos serão depositados no Fundersul e devem ser injetados em melhorias de outras estradas da malha rodoviária estadual.

Grande parte do tráfego da rodovia, que passa por várias cidades entre elas Chapadão do Sul, vêm de outros Estados e 70% transporta produtos das Safras. A rodovia é polo de integração comercial entre Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, São Paulo, Goiás e Minas Gerais e rota de escoamento de produção de açúcar, álcool, algodão, soja e milho.

Leilão

Dois consórcios participaram do leilão de concessão da MS-306. Via Brasil MS e Way 306. A outorga vencedora superou em cerca de 500% a oferta de R$ 100 milhões da Via Brasil.

O contrato de concessão da MS-306 tem estimativa de investimentos de aproximadamente R$ 1,7 bi no período de 30 anos. Segundo estudos, com a concessão deve ocorrer a redução do número de acidentes, geração de empregos diretos e indiretos, diminuição do tempo de deslocamento e economia de R$ 4 milhões/ano em investimentos na manutenção da rodovia.

As obras na rodovia têm previsão de início em meados de 2020, e as praças de pedágio no período de um ano após início dos investimentos.

Jornal Midiamax