Política / Transparência

Governo oficializa afastamento de Nelsinho para exercer mandato

Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (27) o decreto que autoriza o afastamento do ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad (PSD) do cargo de especialista de serviços de saúde, função médico, no Governo do Estado, para exercer o mandato de senador da República. A medida é assinada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). […]

Richelieu Pereira Publicado em 27/03/2019, às 08h49 - Atualizado às 18h52

Senador Nelsinho Trad | Foto: Marcos Oliveira | Agência Senado
Senador Nelsinho Trad | Foto: Marcos Oliveira | Agência Senado - Senador Nelsinho Trad | Foto: Marcos Oliveira | Agência Senado
Governo oficializa afastamento de Nelsinho para exercer mandato
Senador Nelsinho Trad. (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)

Foi publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (27) o decreto que autoriza o afastamento do ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad (PSD) do cargo de especialista de serviços de saúde, função médico, no Governo do Estado, para exercer o mandato de senador da República. A medida é assinada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Nelsinho Trad foi eleito em outubro de 2018 com 424.085 votos, representando 18,37% do eleitorado de Mato Grosso do Sul, e deve exercer o mandato pelos próximos 8 anos. No Governo, ele recebia remuneração fixa de R$ 10.514,12; e passa a receber R$ 33,76 mil do Senado.

Médico urologista, Nelsinho começou sua carreira política como diretor-adjunto do Previsul (Instituto de Previdência do Estado de Mato Grosso do Sul) no governo de Pedro Pedrossian. Depois, foi eleito vereador de Campo Grande em 1992 e reeleito sucessivamente em 1996 e em 2000.

Nas eleições de 2002 conquistou uma cadeira de deputado estadual. Em 2004, foi eleito prefeito de Campo Grande, sendo reeleito quatro anos depois. Em 2014, foi candidato ao Governo do Estado, mas acabou sendo derrotado.

Atualmente, é o coordenador da bancada de Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional, em Brasília (DF).

Governo oficializa afastamento de Nelsinho para exercer mandato
Nelsinho Trad deve ficar afastado do cargo pelos próximos 8 anos. (Foto: Reprodução/DOE)
Jornal Midiamax