Política / Transparência

MPMS investiga prefeitura de Ribas por ‘promoção pessoal’ no site

A Promotoria de Justiça de Ribas do Rio Pardo irá investigar uma denúncia de “promoção pessoal” no site oficial da prefeitura do município. O PGJ (Procurador-Geral da Justiça) Paulo Cezar dos Passos repassou a investigação para a promotoria local, de acordo com publicação no Diário Oficial do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) […]

Daiany Albuquerque Publicado em 07/05/2019, às 16h22 - Atualizado em 08/05/2019, às 09h35

Prefeitura de Ribas do Rio Pardo é investigada pelo Ministério Público (Foto: Divulgação)
Prefeitura de Ribas do Rio Pardo é investigada pelo Ministério Público (Foto: Divulgação) - Prefeitura de Ribas do Rio Pardo é investigada pelo Ministério Público (Foto: Divulgação)

A Promotoria de Justiça de Ribas do Rio Pardo irá investigar uma denúncia de “promoção pessoal” no site oficial da prefeitura do município. O PGJ (Procurador-Geral da Justiça) Paulo Cezar dos Passos repassou a investigação para a promotoria local, de acordo com publicação no Diário Oficial do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) desta terça-feira (7).

Conforme o documento, a prefeitura de Ribas teria utilizado o site oficial da administração para “fazer promoção pessoal constante, seja do prefeito [Paulo Tucura], seja de políticos que o apoiam. Não se observam o princípio da impessoalidade e os gastos são constantes. Não há caráter educativo, de informação ou orientação social que justifique a forma como que se faz propaganda em páginas oficiais”.

Na denúncia também foi anexada uma matéria publicada no endereço da prefeitura na internet, que usa o nome do então deputado federal Geraldo Rezende, hoje secretário Estadual de Saúde, por ele ter feito uma emenda que beneficiou o município.

“Primeira cirurgia ortopédica é realizada com arco cirúrgico oriundo de emenda parlamentar do deputado federal Geraldo Rezende”, é o título da publicação usada como exemplo. Apesar da matéria ter sido anexada à denúncia, ela foi retirada do site pela administração municipal.

Em contato do jornal Midiamax com a assessoria de imprensa da prefeitura de Ribas do Rio Pardo, a resposta foi de que a administração ainda não foi oficializada sobre a investigação. Entretanto, a assessoria afirmou que caso seja necessário retirar alguma matéria do ar, isso será feito.

Jornal Midiamax