Política / Transparência

Em 22 dias, Prefeitura recebeu R$ 4,4 milhões de contribuintes com Refis

O Refis (Programa de Refinanciamento de Dívidas) da Prefeitura de Campo Grande arrecadou R$ 4,4 milhões em 22 dias, segundo o secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto. Menor do que as anteriores, esta edição do refinanciamento começou em julho e segue até 12 de agosto. Quando apresentou a proposta, o município afirmou que […]

Mayara Bueno Publicado em 23/07/2019, às 09h40 - Atualizado às 18h19

Refis vai até 12 de agosto, em Campo Grande. (Foto: Divulgação/PMCG)
Refis vai até 12 de agosto, em Campo Grande. (Foto: Divulgação/PMCG) - Refis vai até 12 de agosto, em Campo Grande. (Foto: Divulgação/PMCG)

O Refis (Programa de Refinanciamento de Dívidas) da Prefeitura de Campo Grande arrecadou R$ 4,4 milhões em 22 dias, segundo o secretário de Finanças e Planejamento, Pedro Pedrossian Neto.

Menor do que as anteriores, esta edição do refinanciamento começou em julho e segue até 12 de agosto. Quando apresentou a proposta, o município afirmou que a expectativa é chegar a R$ 12 milhões.

A dívida ativa é de R$ 2,021 bilhões, valor que sofre pouca variação, mesmo com constantes renegociações, porque mesmo que muitos se regularizem, outros contribuintes acabam entrando em dívidas.

O Refis, que concede até 90% de desconto nos juros, abrange todos os tributos administrados pela Prefeitura de Campo Grande e pode ser o ISS (Imposto sobre Serviços), ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis), Taxas Públicas, mas principalmente o IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Os contribuintes podem procurar a Central de Atendimento ao Cidadão, localizado na Rua Arthur Jorge, nº 500, para renegociar os débitos.

Jornal Midiamax