Política / Transparência

Prefeitura abre licitação de R$ 47,9 milhões para tapar buracos da Capital

Empresas devem apresentar propostas no dia 4 de julho

Richelieu Pereira Publicado em 01/06/2018, às 12h48 - Atualizado às 13h42

None

A Prefeitura de Campo Grande abriu concorrência para contratação de empresas especializadas em pavimentação para fazer o serviço de tapa-buraco nas ruas da Capital. O valor total de gastos estimados pelo município é de R$ 47,941 milhões.

As empresas interessadas devem apresentar as propostas no próximo dia 4 de julho, às 8h, na sala de reuniões da Diretoria de Compras e Licitação no Paço Municipal. Ao todo são sete lotes referentes a cada uma das sete regiões urbanas da cidade (os valores estão ao fim do texto).

Os detalhes do certame devem ser conferidos no edital da concorrência 010/2018, que pode ser acessado ao clicar aqui.

Atualmente, estão em vigor os contratos assinados em dezembro do ano passado, válidos por um ano, no valor total inicial de R$ 34,2 milhões. Fazem os serviços a Mr & Jr Locação de Máquinas e Equipamentos, Pavitec Construtora, Diferencial Serviços e Construções e a Gradual Engenharia e Consultoria.

Nestes seis meses, os contratos tiveram diversos aditivos, que somados ultrapassam os R$ 5 milhões.

Confira os valores e lotes da concorrência deste ano:

O valor total estimado de referência, conforme Planilhas Orçamentárias é de R$ 47.941.551,45 (quarenta e sete milhões e novecentos e quarenta e um mil e quinhentos e cinquenta e um reais e quarenta e cinco centavos).

Lote 01 – Região do Anhanduizinho: R$ 10.707.135,14 (dez milhões e setecentos e sete mil e cento e trinta e cinco reais e quatorze centavos);

Lote 02 – Região Bandeira: R$ 6.288.238,53 (seis milhões e duzentos e oitenta e oito mil e duzentos e trinta e oito reais e cinquenta e três centavos);

Lote 03 – Centro: R$ 8.692.676,96 (oito milhões e seiscentos e noventa e dois mil e seiscentos e setenta e seis reais e noventa e seis centavos);

Lote 04 – Região Imbirussú: R$ 5.828.039,50 (cinco milhões e oitocentos e vinte oito mil e trinta e nove reais e cinquenta centavos);

Lote 05 – Região da Lagoa: R$ 7.556.452,71 (sete milhões e quinhentos e cinquenta e seis mil e quatrocentos e cinquenta e dois reais e setenta e um centavos);

Lote 06 – Região do Prosa: R$ 4.786.689,82 (quatro milhões e setecentos e oitenta e seis mil e seiscentos e oitenta e nove reais e oitenta e dois centavos);

Lote 07 – Região do Segredo: R$ 4.082.318,79 (quatro milhões e oitenta e dois mil e trezentos e dezoito reais e setenta e nove centavos).

Jornal Midiamax