Política / Transparência

Licitação de R$ 1,4 milhão para poda de árvores no centro de Campo Grande é adiada

Certame está há mais de um ano e meio sendo adiado

Joaquim Padilha Publicado em 10/07/2018, às 10h49 - Atualizado às 15h06

Atualmente, serviço de poda é feito pela Energisa (Foto: Arquivo/Midiamax)
Atualmente, serviço de poda é feito pela Energisa (Foto: Arquivo/Midiamax) - Atualmente, serviço de poda é feito pela Energisa (Foto: Arquivo/Midiamax)

A Prefeitura de Campo Grande decidiu adiar a licitação que pode direcionar R$ 1,4 milhão de recursos públicos para a poda e destoca de árvores localizadas no centro da Capital. O certame está programado agora para receber propostas no dia 10 de agosto.

O procedimento licitatório segue há mais de um ano e sete meses sem chegar à fase de recebimento de propostas por conta de adiamentos. Inicialmente, a Prefeitura pretendia receber propostas em 15 de janeiro do ano passado.

arvores_campo_grande_.jpg
Atualmente, serviço de poda é feito pela Energisa (Foto: Arquivo/Midiamax)

Desde então, a licitação foi suspensa e adiada, além de ter passado por alterações no edital por conta de questionamentos de empresas. O último adiamento programou o certame para receber propostas ainda nesta terça-feira (10).

Além de protelar o certame, a Prefeitura comunicou a alteração do edital para cobrar das empresas interessadas maior qualificação técnica-operacional para garantia de prestação dos serviços.

As empresas deverão comprovar já terem realizado 50% dos serviços licitados. Ao todo, a Prefeitura planeja realizar a trituração de 1150 árvores, a destoca de 600 árvores por métodos não destrutivos e remoção de mais 550 árvores sem destoca (arrancar pelo toco).

A Prefeitura também passou a exigir a comprovação da vinculação entre as empresas contratadas e seus responsáveis técnicos, por meio da apresentação de contratos, quadro societário ou carteira de trabalho.

Atualmente, o serviço de poda de árvores em Campo Grande está sendo realizado por meio de um convênio com a Energisa. A concessionária para distribuição de energia elétrica disponibiliza dez equipes e caminhões para poda das árvores à Prefeitura.

As alterações no edital foram assinadas pelo diretor-Geral de Compras e Licitações, Ralphe da Cunha Nogueira, e o presidente da Comissão Permanente de Licitações da Prefeitura, Bruno Soares Katayama.

Jornal Midiamax