Política / Transparência

Prefeitura injeta mais R$ 3 milhões em convênio com Hospital do Câncer

Recursos são do governo do Estado

Joaquim Padilha Publicado em 07/04/2017, às 10h54

None
alfredo_abrao.png

Recursos são do governo do Estado

A Prefeitura Municipal de Campo Grande tornou pública nesta quinta-feira (5) uma suplementação orçamentária de R$ 3 milhões ao convênio com o Hospital do Câncer Alfredo Abrão. Os recursos são oriundos do governo do Estado.

A informação foi publicada em uma edição extra do Diogrande desta quinta-feira. Os valores serão injetados no convênio com o Hospital, gerido pela Fundação Carmen Prudente de Mato Grosso do Sul, em parcelas de R$ 500 mil por seis meses, até julho deste ano.

A suplementação orçamentária é pontual, ou seja, não se reflete sobre o valor anual do contrato, que atualmente está avaliado em cerca de R$ 21,5 milhões.

A última suplementação pontual feita para o convênio com o Hospital data de julho de 2016, e foi avaliada em R$ 282 mil. Daquela vez os recursos eram oriundos da própria Prefeitura.

O repasse do financiamento do Estado para o repasse foi assinado pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD), pelo secretário Municipal de Saúde, Marcelo Vilela, e pelo diretor do Hospital, Carlos Alberto Coimbra.

(com supervisão de Evelin Cáceres)

Jornal Midiamax