Política / Transparência

Pavimentação de trecho na MS-382 recebe aditivo de R$ 1,8 milhões do Estado

Pavimentação foi dividida em duas etapas milionárias

Joaquim Padilha Publicado em 10/04/2017, às 13h33

None
obras_ms-382.jpg

Pavimentação foi dividida em duas etapas milionárias

O governo de Mato Grosso do Sul injetou mais R$ 1,8 milhões de recursos estaduais na segunda etapa das obras de pavimentação asfáltica da MS-382, que liga Bonito à Serra da Bodoquena. Essa etapa cobre 23,2 quilômetros de rodovia.

A segunda etapa da obra vinha sendo paralisada desde dezembro de 2015 por falta de recursos federais que compunham o contrato. A última prorrogação da paralisação foi assinada em dezembro do ano passado, e durou quatro meses.

A empresa responsável pela pavimentação, Equipe Engenharia, assinou com o governo do Estado ainda em 2014. Com o aditivo, o valor da obra aumentou para R$ 25,6 milhões.

Na mesma época do início das obras, foi assinado o contrato para realização da primeira etapa da pavimentação da MS-382, realizada pela Construtora Alvorada.

A Alvorada recebe R$ 22 milhões pela execução dos serviços, segundo o Portal da Transparência do Governo do Estado. Ambas as etapas utilizam recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de MS).

A injeção dos recursos no contrato com a Equipe Engenharia foi assinada pelo diretor-presidente da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), Emerson Antonio Pereira, e publicada no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (10).

(com supervisão de Marta Ferreira)

Jornal Midiamax