Política / Transparência

ERRATA: Mauro Cavalli não foi preso e é tido como foragido

Ele chefiava setor na gestão de Puccinelli como prefeito

Celso Bejarano Publicado em 11/05/2017, às 16h01

None

Ele chefiava setor na gestão de Puccinelli como prefeito

O ex-chefe do setor de licitação da Secretaria Municipal do Meio Ambiente no período que o ex-governador André Puccinelli (PMDB), enquanto prefeito de Campo Grande (1997-2004), Mauro Cavalli, não foi preso pela Polícia Federal, na manhã desta quinta-feira (11), em uma fazenda aos arredores da cidade de Bonito, como noticiado antes.

De acordo com a PF, a Justiça Federal decretou contra ele um mandado de condução coercitiva, quando é levado até a sede da instituição para prestar depoimento.ERRATA: Mauro Cavalli não foi preso e é tido como foragido

Policiais federais que atuaram na Máquinas de Lama, operação da PF, nesta manhã, viajaram para Nioaque e Bonito, locais onde poderiam localizar Cavalli, mas ele não estava lá.

Cavalli, dono de fazendas, seria, para a PF, integrante do esquema de desvio de recursos, fraudes em licitação e lavagem de dinheiro, crimes supostamente praticados na gestão de Puccinelli.

Jornal Midiamax