Política / Transparência

Autoposto ganha licitação para vender comida e prefeitura diz que foi erro

Licitação chamou a atenção da população 

Evelin Cáceres Publicado em 25/08/2017, às 13h29

None

Licitação chamou a atenção da população 

A população de Tacuru, distante 416 quilômetros de Campo Grande, ficou surpresa com a publicação do diário oficial desta semana que informava que um posto de gasolina venceu licitação de R$ 557.664,34 para fornecer gêneros alimentícios às secretarias da cidade. Nesta sexta-feira (25), a prefeitura informou que tudo não passou de um erro de publicação.

Leitores encaminharam cópia do diário oficial ‘estranhando’ o fornecimento de comida à prefeitura pelo posto de gasolina.

O posto, segundo a primeira publicação do diário, teria ganhado mais de meio milhão de reais para fornecer alimentos. Mas a empresa não tem registro comercial para venda de alimentos.

A prefeitura explicou que a publicação estaria errada. De acordo com o setor de licitações, uma nova publicação foi feita nesta sexta corrigindo o erro.

A empresa irá, na verdade, fornecer combustível à administração municipal. “Foi um erro de digitação”, explicou o setor de licitações da prefeitura.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax