Política / Transparência

TCE multa ex-prefeitos em R$ 25 mil e pede devolução de R$ 18 mil

Irregularidades em prestação de contas levaram à condenação

Ludyney Moura Publicado em 10/03/2016, às 12h46

None
tce1.jpg

Irregularidades em prestação de contas levaram à condenação

Os conselheiros do TCE (Tribunal de Contas do Estado) julgaram ontem, quarta-feira (9), 37 processo de prestações de contas, contratos, recursos e análises de inspeções e auditorias realizadas em pelo menos 10 cidades sul-mato-grossenses.

Do total de processos analisados, em 26 foram encontradas irregularidades e os gestores tiveram a prestação de contas rejeitada, durante Sessão do Pleno presidida pelo conselheiro Waldir Neves.

Nos processos rejeitados, os conselheiros aplicaram multas equivalentes a 1.105 Uferms (R$ 25.801,75), e também determinaram aos respectivos gestores, a devolução aos cofres públicos de R$ 18.912,04.

Foram autuados ex-gestores dos municípios de Ladário, Miranda, Dois Irmãos do Buriti, Santa Rita do Pardo, Porto Murtinho, Ponta Porã, Sidrolândia, Nova Alvorada do Sul, Dourados e Amambai.

No caso de Dois Irmão, o atual prefeito, Wlademir de Souza Volk, foi multado em 500 Uferms, e em Dourados, a ex-secretária de saúde, Silvia Regina Bosso Souza, recebeu 50 Uferms de multa. Nos demais, ex-prefeitos foram multados ou tiveram condenações anteriores mantidas. 

Jornal Midiamax