Política / Transparência

Sefaz prorroga contratos com três empresas de informática

Empresas já receberam cerca de R$ 53 milhões do Estado

Joaquim Padilha Publicado em 22/09/2016, às 11h40

None
sefaz.jpg

Empresas já receberam cerca de R$ 53 milhões do Estado

O governo estadual, por meio da Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) tornou pública, no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (22), três prorrogações de contratos com empresas de informática, por mais um ano, que já receberam mais de R$ 53 milhões apenas em 2016 da administração tucana.

Os contratos da pasta com a DigithoBrasil Soluções em Software Ltda, Netsolar Tecnologia da Informação e Imagetech Tecnologia em Serviços, foram todos prorrogados até setembro de 2017.

A contratação mais cara é a da DigithoBrasil. Sem contar outras pastas para qual presta serviço, apenas da Sefaz e Funfaz (Fundo Especial de Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades Fazendárias) a empresa de informática recebeu desde o início do ano R$ 37,8 milhões.

No total, são R$ 49,1 milhões já pagos pelo governo à empresa, alvo de investigações do MPE-MS (Ministério Público Estadual) por superfaturamento em contratos públicos e que já responde ações na Justiça Estadual. 

No início de agosto, um outro contrato (Nº 021/2014) entre a Sefaz e a DigithoBrasil já tinha sido prorrogado. Nesta quinta-feira, o contrato prorrogado é o de nº 020/2013. A empresa contratualiza com o governo do Estado e a Prefeitura de Campo Grande desde o início dos anos 2000.

A Netsolar Tecnologia da Informação já recebeu R$ 3,3 milhões do governo, sendo cerca de um terço desse valor oriundo da Sefaz. Já a Imagetech Tecnologia em Serviços recebeu pouco mais de R$ 1 milhão do governo, sendo cerca de R$ 638 mil Funfaz, dos R$ 709 mil empenhados.

Todos os dados foram obtidos por meio do Portal da Transparência do governo estadual.

Jornal Midiamax