Política / Transparência

Operação apura desvio de R$ 203 milhões e cumpre mandados em Campo Grande

Operação foi deflagrada pelo Gaeco e PF de SP

Evelin Cáceres Publicado em 01/09/2016, às 11h55

None
pf1213.jpg

Operação foi deflagrada pelo Gaeco e PF de SP

A Polícia Federal em São Paulo e o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) do Ministério Público Estadual de São Paulo realizam nesta quinta-feira (1º) a Operação Sevandija, cumprindo 48 mandados de busca e apreensão em empresas da capital de Mato Grosso do Sul e em São Paulo.

A operação apura desvios de R$ 203 milhões e investiga crimes de fraude a licitação, peculato, corrupção ativa e passiva e tráfico de influência no âmbito da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto.

A Polícia Federal também cumpre 13 mandados de prisão temporária e 17 de condução coercitiva. A operação, batizada de “Sevandija”, é desdobramento de uma investigação do Grupo sobre fraudes envolvendo políticos, servidores e empresários.

Agentes da Polícia Federal estão nesta manhã no Palácio Rio Branco, sede da Prefeitura em Ribeirão, e em gabinetes na Câmara Municipal.

Os mandados também são cumpridos na Secretaria Municipal de Educação, na Companhia de Desenvolvimento de Ribeirão Preto (Coderp) e no Departamento de Águas e Esgoto de Ribeirão Preto (Daerp), além de empresas privadas sediadas em Ribeirão, Santos e Campo Grande (MS).

Os mandados foram expedidos pela 4ª Vara Criminal da Comarca de Ribeirão Preto. Os presos, os conduzidos coercitivamente, os bens e documentos apreendidos serão encaminhados à sede da Polícia Federal da cidade.

Jornal Midiamax