Política / Transparência

Nepotismo e contratações irregulares na Funtrab estão na mira do MPE

Inquérito civil foi aberto para apurar o caso

Jessica Benitez Publicado em 20/01/2016, às 11h14

None
wilton_acosta.jpg

Inquérito civil foi aberto para apurar o caso

O diretor-presidente da Funtrab (Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab), Wilton Melo Acosta, virou alvo de investigação no MPE (Ministério Público Estadual). Segundo Diário Oficial desta quarta-feira (20), inquérito civil foi aberto para apurar três possíveis falhas na gestão da pasta.

No texto o promotor de Justiça, Alexandre Pinto Capiberibe Saldanha, aponta que serão apuradas “eventuais irregularidades praticadas pelo Sr. Wilton Melo Acosta no comando da Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul – FUNTRAB, como contratações irregulares de comissionados, não pagamento de verbas devidas e prática de nepotismo”.

O diretor-presidente também é presidente estadual do PRB e foi candidato a deputado estadual em 2014. A reportagem entrou em contato com Wilton, que também é pastor evangélico, mas os dois celulares estão desligados. Conforme assessoria de imprensa da pasta, ele “está em curto espaço de férias”.

Jornal Midiamax