Política / Transparência

Receitas estaduais em setembro chegam a R$ 717 milhões, segunda melhor em um ano

Considerando apenas a arrecadação, mês foi o nono entre 12

Midiamax Publicado em 27/10/2015, às 10h45

None
sefaz_arquivo.jpg

Considerando apenas a arrecadação, mês foi o nono entre 12

A Sefaz (Secretaria de Estado de Fazenda) registrou em setembro a segunda maior receita corrente líquida do governo de Mato Grosso do Sul desde outubro de 2014. O total chega a R$ 717,9 milhões, perdendo apenas para dezembro do ano anterior, com R$ 849,3 milhões.

Os números estão no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (27). A receita corrente líquida é o resultado da soma da arrecadação de impostos, de contribuições, patrimonial, de serviços e repasses federais, menos as deduções com transferências constitucionais, reserva do Fundeb e do plano de seguridade dos servidores, por exemplo.

No acumulado do período, ou seja, entre outubro de 2014 e setembro de 2015, a receita corrente líquida de Mato Grosso do Sul soma R$ 8.283.687.917,58. O pior mês neste intervalo, em termos de RCL, foi fevereiro, com resultado de R$ 631 milhões.

Levando em conta apenas as correntes líquidas, no entanto, os números da Sefaz revelam que setembro foi apenas o nono do período em arrecadação. O resultado supera apenas os meses de outubro de 2014, fevereiro e março deste ano.

Jornal Midiamax