Política / Transparência

Prefeito ‘dá cargo’ a 115 servidores, entre eles ex-secretário de Olarte

Foram 62 nomeações, 8 designações e 45 retificações

Evelin Cáceres Publicado em 28/10/2015, às 16h04

None
bernal_21.jpg

Foram 62 nomeações, 8 designações e 45 retificações

Uma edição extra do Diário Oficial de Campo Grande desta terça-feira (27), véspera do feriado do Dia do Servidor Público, divulgou a nomeação de 62 pessoas, oito designações e 45 retificações realizadas pelo prefeito Alcides Bernal (PP).

Apesar do corte de gastos e do pouco dinheiro em caixa da Prefeitura, as retificações aumentam as gratificações dos servidores. Entre eles, o ex-secretário de Gilmar Olarte, Valdir João Gomes de Oliveira, com remuneração que pode chegar até R$ 8 mil.

Valdir é servidor de carreira do município e foi nomeado para o cargo comissionado, assim como outros, que assumem funções de direção e chefia de setores.

Segundo a Prefeitura, Bernal teria encontrado um deficit de R$ 33 milhões e um caixa de apenas R$ 8,5 milhões, com o comprometimento de 48% da receita com folha de pagamento e atrasos com empreiteira e fornecedores, alguns superando 6 meses.

Para novembro, Bernal divulgou que a folha ficará em R$ 88 milhões e R$ 35 milhões de dívidas de custeio que esperar reduzir para R$ 20 milhões em dezembro com medidas de gestão.

Jornal Midiamax