Política / Transparência

Orçamento para ano que vem prevê R$ 4 milhões para emendas

Projeto foi publicado no Diogrande

Midiamax Publicado em 23/12/2015, às 17h43

None
prefs.jpeg

Projeto foi publicado no Diogrande

A Prefeitura de Campo Grande publicou, em uma edição suplementar do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), desta quarta-feira (23),a LOA (Lei Orçamentária Anual) para 2016. Dentre os pontos previstos, está a destinação de R$ 4.060.000,00, que será destinado ao atendimento das demandas dos vereadores de Campo Grande, por meio das chamadas emendas parlamentares, nas áreas de saúde e assistência social.

 As chamadas transferências correntes são a principal arrecadação do orçamento: R$ 1.859.098, seguida dos tributos, em R$ 953.901.350.

Aprovado na Câmara Municipal, o Orçamento para o ano que vem será de R$ 3.454.073,00, quase 6% a menos da previsão orçamentária de 2015, já que era R$ 3.672.045,00. Ainda segundo a publicação, o Executivo Municipal deverá gastar R$ 1.554.805,00 com gasto com pessoal.

O orçamento foi aprovado mantendo o índice de remanejamento de finanças, sem autorização legislativa, em 5%. O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), havia pedido 30%, a exemplo do que ex-prefeitos tinham, mas não conseguiu respaldo dos vereadores.

Jornal Midiamax