Política / Transparência

Duas empresas receberão R$ 3,8 milhões para cuidar de pontes de madeira em três regiões

Contratos com dinheiro do Fundersul atendem Campo Grande, Coxim e Camapuã

Midiamax Publicado em 14/10/2015, às 11h20

None
ponte_madeira_reproducao.jpg

Contratos com dinheiro do Fundersul atendem Campo Grande, Coxim e Camapuã

A manutenção de pontes de madeira em áreas rurais de três municípios custará R$ 3,8 milhões aos cofres de Mato Grosso do Sul. Os extratos dos contratos foram publicados nesta quarta-feira (14) no Diário Oficial do Estado.

Para atender a regional da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) em Campo Grande, a Empreiteira Central firmou contrato de R$ 1.390.513,58. O acordo tem validade de um ano.

Já a Recom (Reformas, Construções e Melhoramentos) atenderá a regional da Agesul em Coxim, município 245 quilômetros a norte de Campo Grande. O contrato é de R$ 1.354.779,70, também válido por 365 dias.

A mesma empresa atuará na manutenção das pontes de madeira sob jurisdição da regional da Agesul em Camapuã, 137 quilômetros ao norte da Capital. O custo do contrato é de R$ 1.111.092,81.

Conforme consta nos extratos, o dinheiro para as intervenções vem do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de MS).

Jornal Midiamax