Política / Transparência

Agesul adia abertura de propostas para duplicação da Euler de Azevedo

Projeto está orçado em R$ 15 milhões

Evelin Cáceres Publicado em 28/09/2015, às 11h36

None
detran.jpg

Projeto está orçado em R$ 15 milhões

A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) adiou para a próxima quarta-feira (30) a abertura de propostas da licitação da duplicação de trecho da Avenida Euler de Azevedo, em Campo Grande. O projeto, em dois lotes, está orçado em R$ 15 milhões.

Os avisos de habilitação foram publicados no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (28). As empresas participantes devem se apresentar na Agesul, entre 9h e 10h. O adiamento foi feito “em decorrência de atos supervenientes originados no julgamento da fase habilitação”, segundo a publicação.

Ao todo, os dois lotes compreendem trecho de 4,5 quilômetros, entre a Avenida Presidente Vargas, ainda na área urbana, e o anel rodoviário, já zona rural. Neste percurso estão a sede do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e o recém-inaugurado campus da UEMS (Universidade Estadual de MS).

A abertura das propostas foi adiada pela segunda vez, Inicialmente, estava prevista a divulgação para o dia 14 de setembro. Uma das justificativas para a obra é o aumento do fluxo decorrente da implantação do campus da UEMS, bem como da conclusão do trecho do anel rodoviário entre a BR-163, saída para Cuiabá, e a MS-080, saída para Rochedo.

Jornal Midiamax