Informe de inteligência distribuído por fontes oficiais em virou piada entre servidores. De tão ridículo e inverossímil, acabou cancelado por documento posterior que tentava salvar o que restou de reputação para os implicados.

Segundo quem leu e riu, relato se baseava em nada para ‘avisar’ que atividade contraventora estaria (finalmente) no foco de investigações locais e que político estaria ‘na mira’ de rivais durante disputa pelo controle do território do jogo do bicho em Campo Grande.

No entanto, não havia um indício ou elemento de convicção sequer para sustentar a versão fantasiosa que notadamente tentava pintar um dos supostos investigados como ‘vítima’.

Além disso, acabaram ligando oficialmente o nome de um político à atividade contraventora em disputa.

Informe de inteligência ‘cancelado’

Como o informe de inteligência logo virou motivo de piada, tentativa de cancelar a trapalhada envolveu o envio de novo comunicado.

O político, dizem, estaria participando apenas de atividades remotamente, por vídeo, porque acabou achando que pode virar alvo nos próximos dias. Porém, quem já viu a mesma novela antes faz uma fezinha (sem trocadilhos) de que vai dar em nada.

Sabe de algo que o público precisa saber? Fala pro Midiamax!

Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do Jornal Midiamax!

E você pode ficar tranquilo, porque nós garantimos total sigilo da fonte, conforme a Constituição Brasileira.

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.

Saiba Mais