Política / Pimenta

Pedido de compartilhamento de provas empolga alvos de investigação em MS

Aparente contrassenso tem a ver com relações comprometedoras que 'curiosos' da história mantêm

Da Redação Publicado em 21/07/2021, às 10h41

Acesso aos autos empolga investigados que não sabem até onde estão expostos
Acesso aos autos empolga investigados que não sabem até onde estão expostos - Reprodução

Galera que teme ser alvo de investigação em MS estaria na torcida por pedido de compartilhamento de provas. Parece contrassenso, mas os possíveis investigados esperam ter acesso a informações privilegiadas por caminhos que levam a tradicionais vazadores regionais sempre interessados em agradar quem está no poder.

Enquanto isso, quem está trabalhando duro nas investigações já se antecipa para evitar que dados sensíveis caiam nas mãos erradas. Assim, da situação poderiam sair medidas inéditas de monitoramento em terras pantaneiras.

Quem acompanha o tramitar dos autos acha que, mesmo com todos os alertas, podem cair peixes graúdos sempre convencidos de que estariam acima da lei e, por isso, descuidados.

Regionalmente, sobra ranço contra servidores que supostamente agem como serviçais e atuariam descaradamente para proteger corruptos. Dizem que são especialistas em avacalhar vários tipos de investigação em MS, seja pela inércia, pela omissão ou pelo vazamento.

Jornal Midiamax