Política / Pimenta

Esquema de pirataria e sonegação em Campo Grande exagera na folga e entra na mira

Servidores implicados estariam tão folgados que supostamente oficializariam acertos com 'romaneio da propina'

Da Redação Publicado em 30/09/2021, às 07h00

Pirataria e sonegação geralmente andam juntas e autoridades só não flagram porque não há interesse, dizem funcionários
Pirataria e sonegação geralmente andam juntas e autoridades só não flagram porque não há interesse, dizem funcionários - (Ilustração sobre reprodução, Web)

Esquema de pirataria e sonegação em Campo Grande já passou os limites da precaução e funcionários preocupados em não acabarem envolvidos estão apreensivos. Segundo eles, servidores implicados estariam tão folgados que usariam até suposto 'romaneio da propina' para controlar os pagamentos ilegais.

De acordo com os empregados, poucos 'empresários' praticamente dominam verdadeira rede de distribuição de bugigangas e outros produtos com margens de lucro absurdas embaladas pelo descaminho e sonegação fiscal. Para enriquecer com o 'negócio da China', contariam com amplo suporte de servidores públicos.

Amedrontados com o grau de envolvimento, já que teriam passado até a fazer pagamentos durante o transporte, dizem que já teriam procurado autoridades e ouvido inacreditável 'não mexe com isso porque esse pessoal é perigoso e acaba não dando em nada'.

Agora, preparam papelada e filmagens para oficializar denúncia em outro órgão onde esperam ter mais sorte.

Sabendo de algo que MS precisa saber? Conta pro Midiamax!

Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do Jornal Midiamax!

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.

Você pode enviar flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax