Política / Pimenta

Disputa em Campo Grande mobiliza 'santos do pau oco' com show de hipocrisia em guerra sem inocentes

Indícios da influência do crime organizado em instituições oficiais se acumulam enquanto concorrentes se atacam

Da Redação Publicado em 12/11/2021, às 08h40

Verdadeiros 'santos do pau oco' tentam lucrar com treta em Campo Grande da qual fugiram até achar seguro
Verdadeiros 'santos do pau oco' tentam lucrar com treta em Campo Grande da qual fugiram até achar seguro - (Ilustração sobre reprodução, Web)

Verdadeiro exemplo da expressão 'santo do pau oco' está chamando a atenção em Campo Grande ao tentar lucrar com crise da qual fugiu covardemente até o último minuto. Encalacrado até o pescoço com esquema central na disputa que rachou instituição, sujeito estaria inclusive usando dinheiro público para impulsionar discursinho heroico nas redes sociais.

No entanto, o falastrão tem longa capivara relacionada a um dos lados interessados na guerra sem inocentes.

Já tem gente espalhando dossiê com book fotográfico dos tempos em que o sujeito não tinha vergonha das ligações atualmente questionáveis, e até fazia uma graninha distribuindo produto do esquema oficializado. Quando tudo ruiu, se escondeu e provou o ditado de que companheiro é companheiro...

De aliado na eleição, a crítico da contravenção

Eleito, tenta esconder as origens e os relacionamentos que o ajudaram a chegar onde está. Mas já estão circulando até fotos do hipócrita agarradinho a quem o ajudou em época de campanha eleitoral e depois foi abandonado. 

O comportamento, inclusive, foi repetido agora, durante crise provocada justamente por disputa no setor onde tem raízes. Ficou caladinho o tempo todo, e chegou a rejeitar falar com reportagem sobre o assunto.

Ao perceber que o clima melhorou após tirarem de cena, pelo menos oficialmente, o pivô da crise, sujeito correu para os holofotes. Imediatamente subiu na tribuna e virou corajoso de novo. Como o discurso pretensamente prejudica grupo ao qual foi intimamente ligado para embalar curtidas, tem gente já achando que deve rolar enquadro e puxada de orelha.

Guerra sem santos e disputa por cargo que deve vagar

O episódio só mostra que, com a escalada do crime organizado sobre instituições estratégicas em Mato Grosso do Sul, o estado fica sujeito a uma guerra onde todos têm alguma culpa, algum vínculo comprometedor.

É o que confirma também correria nos corredores para ocupar posto que ainda nem está oficialmente vago. Segundo gente que circula nos bastidores, até aliados do pretenso deposto estão interessados no posto.

Ainda deve dar pano para manga a resolução da crise, já que nenhum dos lados está disposto a recuar, e todos têm munição de sobra.

Quem ganha é o combate à corrupção, pois infelizmente, é só assim que os esquemas têm sido expostos em terras sul-mato-grossenses: na base da disputa entre os operadores...

Sabendo de algo que MS precisa saber? Conta pro Midiamax!

Se você está por dentro de alguma informação que acha importante o público saber, fale com jornalistas do Jornal Midiamax!

Fala Povo: O leitor pode falar direto no WhatsApp do Jornal Midiamax pelo número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Se preferir, você também pode falar com o Jornal direto no Messenger do Facebook.

Você pode enviar flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax