Alexandre havia ingerido bebida alcoólica antes dos atropelamentos

O Policial Federal Alexandre Cavalcante de Oliveira, indicado pela Polícia Civil de Naviraí, a 359 km da Capital, por homicídio doloso e duas tentativas, foi denunciado pelo MPE (Ministério Público Estadual), nesta quarta-feira (24). O policial atropelou e matou o adolescente Everton da Silva Pessoas, 17 anos, e feriu outras duas jovens, de 17 e 18 anos, em março.

Assim que o delegado Eduardo Lucena indiciou o policial federal pelos crimes, o inquérito foi encaminhado para o Ministério Público. A promotora de Justiça Leticia Rossana Pereira Ferreira, titular da 3ª Promotoria de Justiça de Naviraí acatou a denúncia da polícia e procedimento agora aguarda a decisão do magistrado da Vara Criminal.

Consta na denúncia, que na madrugada do atropelamento, por volta das 01h50, na Avenida Campo Grande, Centro, o Policial Federal, lotado no Rio de Janeiro, e que se encontrava de missão em Naviraí, conduzia uma viatura policial descaracterizada, em velocidade superior à permitida para o local, quando atropelou as vítimas.

Durante o inquérito, foram colhidos elementos que apontam que Alexandre havia ingerido bebida alcoólica antes dos fatos e que, após atingir as vítimas, chegando a passar com o carro por cima de Everton após o mesmo cair do capô, fugiu, sendo identificado somente porque um dos retrovisores do veículo foi arrancado e permaneceu caído no local.

Atropelamento

MPE denuncia PF que escondeu viatura após atropelar e matar adolescente

Por volta das 1h50, os cinco amigos andavam pela Avenida Campo Grande depois de saírem de um show, quando três jovens foram atropelados. Everton morreu no local após ser atingido pelo carro desgovernado, enquanto o amigo, também de 17 anos, sofreu ferimentos leves e uma jovem de 18 anos ficou em estado grave.

Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionados e socorreram as vítimas. Perícia e Polícia Civil foram ao local do acidente e testemunhas relataram que o carro que atropelou os jovens era preto, mas não souberam dizer o modelo. Algumas pessoas diziam ser um Astra, outras que era um Corsa e algumas chegaram a dizer que seria um HB20.