Política / Justiça

Integrantes do MST acampados em Batayporã saem pacificamente após liminar da Justiça

A desocupação da área pelos 470 integrantes do movimento começa hoje e vai até amanhã

Arquivo Publicado em 20/04/2012, às 17h47

None

A desocupação da área pelos 470 integrantes do movimento começa hoje e vai até amanhã

Integrantes do MST acampados em Batayporã saem pacificamente após liminar da Justiça

As 470 pessoas ligadas ao MST (Movimento dos Sem Terra) que estavam acampadas na fazenda Nova Esperança, localizada no município de Batayporã, deixaram o local pacificamente, após liminar da Justiça, que emitiu ordem de despejo para ser cumprida ainda hoje. De acordo com o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), houve uma negociação com a polícia para que a retirada fosse feita de forma pacífica. Foi decidido ainda que eles vão deixar o local em caminhões e voltar para onde estavam anteriormente, na MS 134, nas proximidades da fazenda.

O Incra informou que cerca de 40 policiais foram até o local para cumprir a ordem, porém, após as negociações, ficou acertado que a desocupação começa e hoje e termina amanhã. Na ocasião, os integrantes do movimento apresentaram uma lista de 10 fazendas ao Incra, todas localizadas na região do Vale do Ivinhema, as quais eles acreditam que sejam improdutivas e que podem ser desapropriadas.

Instituto declarou que a vistoria será realizada, contudo não garantiu desapropriação nem aquisição por conta de uma liminar de agosto de 2010, a qual proíbe o aumento do número de assentamentos.

Jornal Midiamax