Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Vai mesmo pedir vistas?

Da Redação Publicado em 24/09/2021, às 06h30

None

Vai pedir mesmo vistas?

Projeto de lei MS Alfabetiza do Poder Executivo que tramitou em regime de urgência na Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul) quase sofreu pedido de vistas por parte do deputado Amarildo Cruz (PT), durante sessão da última quarta-feira (22). No caso, Cruz pediu vistas, mas foi interrompido pelo presidente da Casa de Leis, Paulo Corrêa (PSDB). “Temos acordo de liderança, mas mesmo assim quer pedir vista?”

24 horas

Cruz rebateu dizendo que 24 horas — período que dura o pedido —, seria fundamental para analisar o projeto. “Ponderamos para elucidar com setores da educação, as dúvidas que temos”.

Não cabe mais emenda

Corrêa, por sua vez, disse que o prazo para apresentar emenda já havia esgotado. “Se não fez trabalho até agora, não vai ser feito em 24 horas”.

Pauta invertida

O presidente então deu a ideia de inverter a pauta e colocar o projeto como último na Ordem do Dia, para o parlamentar ter mais tempo de analisar.

Bolsonaro na ONU e mentiras

Pedro Kemp (PT) elencou as falas do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na ONU e pontuou as ‘mentiras’ contadas por ele. Para Kemp, “o Brasil foi motivo de chacota e vergonha internacional”.

Sobrou para Globo

Zé Teixeira (DEM) disse que não iria defender o presidente, mas o fez ao rebater Pedro Kemp. “O deputado deve ter ouvido a Globo, tudo que ele [Kemp] fala é do noticiário da Globo. Se o presidente deu a entender, então ele não disse, deu a entender”.

Ouviu o discurso 20 vezes

Capitão Contar (PSL) afirmou que Kemp deve ter ouvido o discurso pelo menos 20 vezes, pela riqueza de detalhes ‘nas suas palavras’.

Só verdades

O bolsonarista disse que o discurso do presidente “só tem verdade sobre seu governo e não sobre o que pensa a rede esgoto de televisão”.

Pizza na calçada

Contar ainda falou que comer pizza em calçada não é demérito para ninguém nem mesmo para o chefe de uma nação. “Pelo visto o senhor [Kemp] gosta de ver o presidente jantando no palácio como sempre fez o Lula com seus 40 ladrões. Bonito mesmo foi a ex-presidente Dilma que em seu discurso na ONU deu aula de como estocar vento. Isso sim é passar vergonha”.

Jornal Midiamax