Política / Bastidores

[BASTIDORES] Silêncio

Da Redação Publicado em 16/06/2021, às 06h30

None

Silêncio

Derrotado por Vanda Camilo (PP) na disputa à prefeitura de Sidrolândia, o ex-deputado estadual e ex-prefeito Enelvo Felini (PSDB) preferiu adotar o silêncio após a eleição suplementar de domingo (13). Ele deu apenas uma declaração pública desde então.

Offline

Nas redes sociais, sua última publicação mostra o tucano votando na manhã de domingo. Enquanto isso, seguidores de Enelvo o parabenizaram pela campanha.

Tchau, obrigado

Enelvo deu apenas uma entrevista a um jornal local na qual fez agradecimentos. "Lamento não termos ganhado, trabalhamos muito para ganhar. Achei que hoje eu consolidaria a vitória e peço para que cuidem bem do dinheiro público", declarou.

De novo

Com Vanda deixando a Câmara definitivamente em julho, a disputa pela presidência da Câmara Municipal será retomada. Sandro Gonzales (PSD), o atual vice-presidente, quer ser efetivado no comando, mas pode enfrentar Cristina Fiúza (MDB) e Joana Michalski (PSB).

Vai para a gaveta

Projeto do deputado estadual Renato Câmara (MDB) para proibir empréstimos a aposentados e pensionistas foi arquivado. O motivo é que a matéria já havia sido apresentada por Evander Vendramini (PP).

Sumiu

O Twitter promoveu uma grande remoção de contas consideradas suspeitas nesta semana. E os apoiadores do presidente Jair Bolsonaro foram os que mais reclamaram.

Confira os dados

A rede social esclareceu que suspendeu perfis que precisam da confirmação de senha ou número de celular. Filho do presidente, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), defendeu que o governo coloque em vigor decreto que pode limitar as redes e já é considerado ilegal.

Não gostei

Um dos afetados foi o deputado federal Luiz Ovando (PSL-MS). Ele perdeu 700 seguidores e anunciou que vai questionar o escritório do Twitter no Brasil.

Jornal Midiamax