Política / Bastidores

[BASTIDORES] Segurado

Da Redação Publicado em 11/06/2021, às 06h30

None

Segurado

O TCE-MS (Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul) confirmou o empenho de R$ 15.023,95 para pagar a Porto Seguro Companhia de Seguros Gerais. O valor envolve a cobertura do prédio e do conteúdo da sede da Corte de Contas e foi autorizado em 31 de maio deste ano. A apólice é paga desde 2019.

Tudo igual

O presidente da Alems (Assembleia Legislativa de MS), Paulo Corrêa (PSDB), precisou determinar o apensamento de dois projetos de lei por tratarem de temas semelhantes. As matérias foram apresentadas com uma semana de diferença.

Conexão

Lucas de Lima (Solidariedade) apresentou em 11 de maio proposta para punir empresas envolvidas em maus-tratos contra animais. E João Henrique Catan (PL) entregou matéria semelhante exatamente uma semana depois.

Junta tudo

Por recomendação da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação), o projeto de Lima vai ser juntado ao de Catan. Agora, ele volta a ser analisado pela Casa de Leis.

Esses não dá

Em outra decisão, Corrêa devolveu projeto idêntico a outro à CCJR. O motivo é que o primeiro já foi aprovado em plenário.

Vocês que lutem

A matéria quer proibir instituições financeiras de oferecer empréstimos por telefone. Evander Vendramini (PP) apresentou primeiro que Renato Câmara (MDB), mas a proposta do pepista já está avançada. Assim, o presidente mandou a CCJR decidir o que fazer, já que o Regimento Interno proíbe o apensamento neste caso.

Não veio aí

A senadora Soraya Thronicke (PSL-MS) criticou a ausência do governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), na CPI da Pandemia. Ele garantiu habeas corpus no STF (Supremo Tribunal Federal).

Covarde!

"O STF mais uma vez extrapola seus limites e usurpa prerrogativas alheias, e por isso o governador Wilson Lima, do Amazonas, não compareceu hoje, o que considero uma covardia", disparou a parlamentar no Twitter.

Adeus

O deputado estadual Amarildo Cruz (PT) se aposentou como fiscal tributário da Sefaz-MS (Secretaria de Estado de Fazenda). Ele deixou a função para assumir a cadeira na Alems, mas agora se afasta definitivamente após 39 anos de serviço.

Jornal Midiamax