Política / Bastidores

[ BASTIDORES ] Privatização guardada a 7 chaves

Segredo O Governo do Estado segue preparando a privatização da MS Gás (Companhia de Gás do Estado do Mato Grosso do Sul). Poucas informações são tornadas públicas sobre o processo. 4 de 8 Leia também: [ BASTIDORES ] Vem de zap [ BASTIDORES ] À espera de um decreto Atualmente, o procedimento está na quarta […]

Da Redação Publicado em 17/02/2021, às 06h00

None

Segredo

O Governo do Estado segue preparando a privatização da MS Gás (Companhia de Gás do Estado do Mato Grosso do Sul). Poucas informações são tornadas públicas sobre o processo.

4 de 8

Atualmente, o procedimento está na quarta etapa, “Avaliação Econômico-financeira da Empresa e Modelagem de Desestatização”. O governo se limita apenas a este dado, sem informar quando a estatal será vendida.

Vem aí

Com mudanças em legislação federal, o processo pode atrasar e ficar para 2022. A previsão era que tudo terminasse ainda este ano.

Todo mundo tá feliz

Os servidores públicos estaduais podem estar passando por momentos ruins com salários defasados e a pandemia, mas ainda conseguem motivos para sorrir. Na semana passada, o Diário Oficial trouxe dezenas de licenças casamento e maternidade.

“Cãoburão”

O deputado estadual Lucas de Lima (Solidariedade) apresentou projeto de lei para criar a Patrulha Pet. O objetivo é coibir a prática de maus-tratos contra animais por meio de policiamento ostensivo.

Sintonia

Os deputados estaduais João Henrique Catan (PL) e Mara Caseiro (PSDB) parecem estar sintonizados para legislar. Eles apresentaram projeto que obriga concessionárias de água e energia a avisar os consumidores de vistorias.

Vai você

Como Catan protocolou a sua matéria primeiro, Mara apresentou à Mesa Diretora a desistência da pauta. Assim, o texto dela acabou arquivado.

Agiliza aí

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) cobrou o Governo do Estado sobre o cumprimento de lei que prevê apoio social e psicológico nas escolas. Ele pediu explicação da SED (Secretaria de Estado de Educação) do porquê não haver o serviço um ano após a norma entra em vigor.

Jornal Midiamax